Estudo revela melhores países para trabalhar de freelancer

Avaliando impostos cobrados, custo de vida, acesso ao cédito, velocidade média da internet, transporte público, disponibilidade de wi-fi gratuito, facilidade de abrir um negócio e o preço do café, estudo revelou os melhores e piores países para trabalhar como freelancer.

No topo da lista, Hong Kong, Estados Unidos e Coreia do Sul lideram como melhores países do mundo para investir em uma carreira de freelancer.

Em primeiro lugar, Hong Kong lidera por ter uma das menores tributações sobre renda do mundo. Além do melhor transporte público eleito pelo Fórum Econômico Mundial. Enquanto o Leste Europeu tem a excelente combinação de baixo custo de vida e fortes oportunidades de negócio.

Por outro lado, com péssima infraestrutura de transporte público e baixa velocidade de internet, estão nos últimos lugares: Uruguai, Argentina, Equador, Costa Rica e Peru.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *