Segundo idioma para mestrado e doutorado

Entre tantas etapas como entrevistas, solicitação de documentos e documentos para aplicar para vagas de mestrado e doutorado, muitos processos exigem a proficiência no segundo idioma.

A exigência dependerá da instituição e do processo desejado. Principalmente no caso do mestrado, que as vagas contam com poucos autores no idioma nativo do candidato para a bibliografia de sua tese. No caso, estamos nos referindo as oportunidades de instituições brasileiras, por isso, dominar o segundo idioma será diferencial no momento de obter o maior repertório para o estudo e desenvolvimento de um mestre durante seu período de mestrado.

Outros motivos para a fluência no segundo idioma para realizar o mestrado ou doutorado é para a participação de congressos e simpósios internacionais ou no exterior, que aumentará as oportunidades do profissional. Além de ajudar no compartilhamento e absorção de conhecimento por outros mestres e doutores de outros lugares do mundo.

Portanto, independente da exigência de um teste de proficiência para provar o domínio do segundo idioma, o domínio de ao menos uma língua estrangeira, fará a diferença na formação completa de um mestre ou doutor. Para aprender idiomas com foco na sua área de pesquisa e estudo, conheça nossos serviços.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *