Curso no exterior como investimento

Profissionais experientes, com cerca de 45 anos de idade, têm investido cada vez mais em cursos de idiomas no exterior, como apontam agências de intercâmbio brasileiras. Sendo o aumento médio de 38% de pessoas com este perfil que procuraram por mais programas de cursos de idiomas no exterior comparando este com o ano passado.

Ou seja, na contramão da crise, que demitiu muitos profissionais experientes de diferentes setores no país, a procura de intercâmbio por estas pessoas aumentou. Porque ao receber a indenização, muitos optam por investir em sua própria carreira para retornar ao mercado com o currículo mais valioso.

Para isso existem os cursos de curta duração para quem procura por este tipo de experiência. O que pode ser considerado um período de férias muito bem aproveitado, porque além de investir na carreira aprendendo ou aprimorando o conhecimento no segundo idioma, é possível conhecer outra cidade e país. Pois a experiência com outras culturas também conta para muitas oportunidades no mercado de trabalho.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *