Sobre nômades digitais

O fácil acesso à internet de alta velocidade e a rápida evolução tecnológica, com a ascensão da computação em nuvem e dos pequenos acessórios que permite o acesso à informação em poucos minutos de qualquer lugar do mundo. Permitiu que muitos jovens trabalhem de qualquer lugar do mundo a qualquer hora do dia.

Os chamados “nômades digitais”, assim nomeados pelos autores Tsugio Makimoto e David Manners, no livro Digital Nomad de 1997, são exemplos de inspiração para aqueles que desejam conhecer o mundo e mesmo assim ganhar dinheiro.

Outro exemplo de inspiração é o livro de Tim Ferris, Trabalhe 4 Horas Por Semana, que ensina como o empreendedorismo digital permite escapar da rotina do trabalho convencional, de oito horas de trabalho diário, para ter “miniaposentadorias”. Ou seja, quando é possível desfrutar de um negócio que gera renda de forma passiva e é possível trabalhar quatro horas por semana.

Cada caso tem sua história de sucesso, mas é fundamental muito trabalho e planejamento. E para viver uma experiência mundial é fundamental dominar ao menos um segundo idioma estrangeiro. Por isso, não perca a oportunidade de realizar aulas no seu ritmo de aprendizado com professores nativos ou com vivência no idioma.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *