Peculiaridades do português brasileiro

Ao aprender um novo idioma é inevitável tentar traduzir expressões e palavras como se sempre houvesse o equivalente no novo idioma e na língua materna, ou vice-versa.

Mas ao comparar com outros idiomas, descobrimos que o português brasileiro tem muitas peculiaridades que outras línguas estrangeiras não têm. Ou mesmo que tenham a tradução, não têm o mesmo sentido e significado, como pode conferir ver:

– Opa. Ao esbarrar com alguém, tropeçar ou cometer algum leve deslize, usamos o “opa”.

– Eita. Nenhum outro idioma tem uma expressão tão curta e tão expressiva para indagar sobre algo como o “eita”.

– Tu e você. As conjugações dos verbos para tu e você são na maioria das vezes trocadas.

– Palavras no diminutivo. Muitas vezes, mesmo sem querer diminuir o tamanho de alguma coisa, somente como expressão mesmo, temos o hábito de usar palavras no diminutivo, como “pãozinho”, “cafezinho” ou “voltinha”. O que não faz o mesmo sentido em outros idiomas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *