Enem facilita ingresso de brasileiros em instituições estrangeiras

Depois da Universidade de Coimbra, em Portugal, se tornar a primeira instituição estrangeira a utilizar o Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM) em 2014 como seleção de ingressos brasileiros, o Ministério da Educação firmou parcerias com outras instituições de ensino superior do país. O que facilitou o ingresso de brasileiros em universidades portuguesas, contando, até abril deste ano, com mais de 1,2 mil estudantes aprovados nestas, desde o início das parcerias.

Por ser o segundo maior exame do mundo, seguido pelo da China, o Enem é conhecido mundialmente. Assim, universidades de outros países, como a França, a Irlanda, o Reino Unido e o Canadá, mesmo sem convênios oficiais com o MEC, também usam da nota no Exame para seleção de estudantes brasileiros.

Para garantir a inscrição nestes processos é preciso verificar com a instituição desejada o prazo e os requisitos solicitados. Porque algumas delas exigem que o estudante seja antes aprovado por um curso similar em uma instituição no Brasil, cartas de recomendação, redações e exames de proficiência no segundo idioma.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *